IMG_5315

António Miguel Soares quer devolver o conceito de concelho florido e asseado e apela ao dinamismo dos empresários para fazer crescer o Nordeste e fixar as suas gentes.

 

O Nordeste celebrou a 18 de julho o 504º aniversário de elevação a concelho. Há 504 anos, por foral do Rei D. Manuel I, a então freguesia foi elevada a Vila, nascendo assim o concelho de Nordeste.

O presidente da Câmara Municipal do Nordeste, António Miguel Soares, lembrou, na cerimónia de aniversário, os cidadãos do concelho que ao longo destes cinco séculos se dedicaram e trabalharam em prol do Nordeste e da sua população, cabendo hoje à edilidade zelar pelo património e trabalho deixado, muitas vezes como muito sacrifício, por aqueles que lutaram para que o concelho do Nordeste pudesse ser o que é hoje.

O autarca dirigiu uma palavra de apreço e de confiança àqueles que hoje participam do destino do concelho, inclusive aos colaboradores do município, dizendo que o Nordeste precisa da participação ativa de todos para que seja um concelho com maiores potencialidades, com mais ambição e determinação.

 

OBRA REALIZADA

Em jeito de balanço dos primeiros meses de mandato, o autarca salientou algumas decisões que foram tomadas tendo em conta a sua pertinência para o concelho e que tiveram por fim a qualidade de vida da sua população. Referiu-se à beneficiação do património que tem sido levada a cabo, designadamente ao cuidado com a manutenção dos espaços públicos, dos jardins e arruamentos, no sentido de “recuperar o conceito de concelho limpo, florido e asseado, onde quem cá vive tem prazer em cá estar e quem nos visita jamais o esquecerá”.

Nos últimos meses, a autarquia concluiu as obras de beneficiação do edifício da antiga escola do primeiro ciclo da Achada, o recinto exterior da escola do primeiro ciclo da Salga e a ampliação da escola do primeiro ciclo da Vila de Nordeste e ainda as obras do Parque Infantil da Pedreira e do Parque Infantil da Lomba da Fazenda.

“Na Achadinha concretizamos o sonho de há muitos anos da sua população e apetrechamos a freguesia com um parque de lazer, o Parque dos Liberais”, referiu o autarca.

A pensar no futuro, a autarquia procederá à beneficiação da rede de abastecimento de água e de saneamento básico, começando pelas freguesias de Santana e da Salga. Para a Vila de Nordeste, o autarca anunciou para breve a construção de uma ciclovia ao longo da Avenida El Rei D. Manuel Primeiro.

 

FELICITAÇÃO ESPECIAL ÀS INSTITUIÇÕES CENTENÁRIAS

“Mas porque o concelho não é só obras, ruas, património edificado e natural, mas acima de tudo a riqueza do Nordeste são as pessoas e as suas instituições pretendemos apoiar, incentivar e dinamizar todas as nossas coletividades sociais, culturais, recreativas e desportivas, dando-lhes todas as condições possíveis para que possam desenvolver o seu trabalho em prol do Nordeste e de todos os nordestenses”, sublinhou António Miguel Soares na cerimónia de aniversário.

O autarca aproveitou para felicitar de uma forma muito especial as filarmónicas centenárias do concelho. A Filarmónica Estrela do Oriente, da freguesia da Algarvia, pelos seus 140 anos de atividade, assim como a Filarmónica Imaculada Conceição, da Lomba da Fazenda, pelos seus quase 125 anos, a festejar no dia 8 de dezembro do presente ano, e a Eco Edificante, da Vila de Nordeste, pelos seus 157 anos, sendo a filarmónica mais antiga da ilha de São Miguel ainda em atividade.

 

EVENTOS ATRAEM VISITANTES

Referindo-se novamente ao trabalho desenvolvido pela sua equipa nos últimos meses de mandato, o presidente da câmara salientou o dinamismo e a vivacidade que o concelho tem demonstrado em várias atividades de cariz cultural, desportivo, recreativo e social, contribuindo com isso para a promoção e a divulgação do Nordeste e para o próprio desenvolvimento da economia local, uma vez que estas atividades têm atraído muitos visitantes ao Nordeste.

 

VALE A PENA INVESTIR NO NORDESTE

Por outro lado, a escassez de emprego é uma preocupação do município. Com o Plano de Orçamento para 2018 a autarquia tentou criar condições para dinamizar a economia local, acreditando que é com uma economia forte que se criam novos postos de trabalho.

“Os programas ocupacionais promovidos pelo Governo Regional diminuíram, pelo que é preciso que os nossos empresários, comerciantes, lavradores e empreendedores em geral sintam confiança e acreditem que vale a pena investir no Nordeste, investir nos nordestenses e criar mais e novos postos de trabalho”, pediu o autarca, dizendo-se disponível para trabalhar juntamente com os empresários, nomeadamente no sector do turismo, de forma a criar condições e atrações para que quem visita o Nordeste não o faça de uma forma ligeira e apenas de passagem, mas, pelo contrário, fique por cá e contribua de forma significativa para a economia local.

 

HOMENAGEM A DOIS CONCIDADÃOS

Em homenagem aos cidadãos que se empenharam por desenvolver o Nordeste, a câmara municipal homenageou dois nordestenses: o Sr. António Fernando Raposo e o Sr. Norberto Leite.

Ao longo da sua vida, António Fernando Raposo foi um nordestense incansável e sempre presente para ajudar a sua terra, quer na sua atividade profissional como Mestre Florestal, nas várias funções autárquicas que exerceu e nos diversos cargos que ocupou nas instituições sociais, culturais, desportivas e recreativas por onde passou. Esta homenagem, “que peca por tardia, é mais do que merecida, e, hoje, a título póstumo, iremos homenagear um homem dedicado, competente e empenhado pelas causas do Nordeste, assim como o Sr. Norberto Leite, um homem que está sempre presente para defender, enriquecer e trabalhar pelas instituições do Nordeste e pelos nordestenses”, referiu António Miguel Soares. O homenageado faz parte da história de inúmeras coletividades nordestenses. Desde 1978 que desempenha as funções de organista na Igreja de Nossa Senhora da Luz na Lomba da Pedreira, e há mais de quarenta anos que é o mestre do rancho de romeiros da freguesia de Nordeste.

 

VÁRIAS ENTIDADES PRESENTES NO ANIVERSÁRIO

O aniversário do 504º aniversário do concelho de Nordeste foi agraciado com a presença de diversas entidades locais e regionais, entre estas, em representação do Governo Regional dos Açores, a diretora regional dos Recursos Florestais, Anabela Isidoro, de presidentes e representantes das câmaras municipais da ilha, do Comandante da Zona Militar dos Açores, Brigadeiro General Dias Gonçalves, e da Câmara Municipal de São Vicente, concelho geminado com o Nordeste, através do presidente e vereação da edilidade.

O clero, as autarquias, as instituições e vários empresários do concelho também se associaram ao aniversário do Nordeste contribuindo com a sua presença para o momento festivo desejado.