IMG_1981

A Câmara Municipal do Nordeste apresentou à Assembleia Municipal, a 28 de setembro, e na reunião de câmara de ontem, 1 de outubro, o balanço das Festas do Nordeste e da IV edição do Priolo Cup realizados este ano.

O balanço da Câmara Municipal do Nordeste relativamente aos dois eventos representou uma poupança significativa nos gastos da autarquia sem com isso empobrecer a qualidade de ambos.

Marco Mourão, responsável pelo pelouro da cultura e desporto, referiu-se a uma poupança na ordem dos 30 por cento relativamente aos gastos tidos com as Festas do Nordeste de 2017, “no respeito pelos dinheiros públicos, numa escolha assertiva, sem receita de bilheteira, pois a entrada foi gratuita, com uma grande adesão de público, quer local como de fora, e com um cartaz de qualidade”, disse o vereador da autarquia.

Da informação que este executivo municipal conseguiu apurar, a realização das Festas do Nordeste 2017 envolveu uma despesa à volta dos 171.335 mil euros, tendo sido arrecadado pelas bilheteiras e aluguer dos espaços comerciais o montante de 36.564 mil euros.
Subtraída a receita à despesa, a organização das festas de 2017 teve o gasto de cerca de 134.771 mil euros.

Relativamente às Festas do Nordeste deste ano, a câmara municipal teve uma despesa na ordem dos 107.906 mil euros, tendo obtido de receita, e apenas do aluguer dos espaços comerciais, o valor de 10.146 mil euros. Subtraído este valor, os gastos deste ano representaram uma poupança de aproximadamente 37 mil euros, traduzindo-se os custos com a organização das festas do Nordeste 2018 em 97.760 mil euros.
 
Priolo Cup de 2018 rondou os 3 mil euros, sendo uma despesa muito inferior comparativamente com os cerca de 40 mil euros da edição anterior.

Quanto à realização do Priolo Cup 2018, como o maior evento desportivo desenvolvido pelo Centro Desportivo e Recreativo do Nordeste (associação que foi reativada pelo atual executivo para o desenvolvimento de toda a atividade desportiva e recreativa da autarquia), o vereador do desporto, Marco Mourão, enalteceu a organização do torneio de futebol infantil, “como tivemos a satisfação de ouvir da parte dos clubes, de entidades e de pessoas envolvidas, que nos deram um feedback muito positivo do evento”, referiu.

Relativamente ao Priolo Cup 2018 (IV edição), a Câmara Municipal do Nordeste salienta, sobretudo, a disparidade da despesa verificada entre a edição deste ano e a edição do ano passado, então organizada pela anterior câmara, a qual rondou em 2017, pelo que foi conseguido apurar, os 40 mil euros.

Com a edição de 2018, o Centro Desportivo e Recreativo do Concelho do Nordeste “teve um gasto residual de 3 mil euros, sendo a restante despesa, cerca de 9 mil euros, apoiada pelas várias empresas que se associaram ao evento”, refere o vereador do desporto.